:::: MENU ::::

O que são e como são as tão mal interpretadas Equipes Multidisciplinares?

Time

Sei que esse assunto é figurinha marcada em diversos textos na internet e no próprio guia do Scrum, porem ainda causa muita confusão e má interpretação até mesmo por profissionais experientes. Cabe a mim escrever mais um destes textos no intuito de frisar essa ideia :).

A multidisciplinaridade está presente não só em projetos ágeis, ela está presente em toda uma empresa, equipe de trabalho ou qualquer outro grupo que tenha algum objetivo específico. Quantas vezes vemos pessoas sendo multifuncionais em variados momentos dentro das empresas?

Na visão do Scrum, o Time deve ser multifuncional, não existindo distinção de cargos ou funções, títulos ou senioridades e muito menos áreas determinadas ou especificas de atuação. No Scrum todos os integrantes do time são conhecidos como desenvolvedores.

Essa regra se alinha com a regra de que nenhuma tarefa a ser realizada possui um dono, e que todas as tarefas são de responsabilidade de todo o Time, característica forte do Scrum.

Essas características vão contra outras abordagens de gerenciamento, ou de algumas boas práticas, que defendem o uso de especialistas em determinadas áreas.

Sendo mais claro na definição, o Time deve ser multidisciplinar, não os integrantes. Logicamente durante a execução de uma tarefa, os indivíduos podem e devem ajudar a concluir as tarefas que outro individuo está executando, voltando à regra de que as tarefas pertencem a todo o Time e não a um indivíduo.

Quem consegue ser especialista em tudo?

Nos projetos da empresa que trabalho todos os projetos e tarefas são compostos por equipes multidisciplinares, porém, as tarefas que exigem mais responsabilidades ou que levam mais tempo são executadas por especialistas mais experientes e tarefas “mais simples” por especialistas com um grau de experiência menor. No entanto, isso nem sempre é regra, variando de situação para situação.

O ponto que difere o Scrum é a forma em que ele contribui para que essa multifuncionalidade seja difundida e expandida gerando indivíduos mais capacitados, proativos e com maior colaboração.

Até a próxima!


Então, o que você acha disso?