:::: MENU ::::

Scrum e PMBOK 5ª ed.: Trabalhando juntos na Gestão de Projetos – Parte 02

Vou dar continuidade à serie de posts sobre a integração do PMBOK e Scrum na gestão de projetos de acordo com minhas ultimas experiencias e meus estudos.

Neste post vamos falar sobre algumas regras que devemos obedecer, como funcionarão as conexões e o que é o Time do Projeto, porem se você não viu a primeira parte é melhor dar uma lida aqui.

Como dito no post anterior, a união do Scrum e PMBOK será feita pela perspectiva do Scrum, já que estamos buscando o gerenciamento de projetos de uma maneira ágil. Porem, vale lembrar que o Scrum sozinho “Não é bala de prata” de todos os projetos e não se pode gerenciar todos os projetos totalmente de forma ágil do inicio ao fim. E é ai que o Guia PMBOK entra, complementando o Scrum.

Regras

Rules

Com o Scrum rodando o projeto e impulsionado pelo Guia PMBOK, que o fornece técnicas e ferramentas que complementam sua estrutura, temos que definir algumas regras:

  • Não focar todo o gerenciamento do projeto apenas no GP.
  • Não tornar o Time Scrum e seus trabalhos lentos.
  • Não realizar processos desnecessários.
  • Não documentar excessivamente.
  • Não burocratizar.

A ideia principal é que as equipes que utilizem essa união, possa ver de forma natural  quais os pontos de ligação entre as duas abordagens que podem oferecer apoio ao Scrum e em quais momentos do ciclo estes serão aplicados, de acordo com cada projeto em especifico.

Assim cada processo do Guia PMBOK pode ser aplicado ou não, dependendo de projeto para projeto. Assim a equipe deve definir quais os pontos serão encaixados os processos do Guia PMBOK, porem, nada impede que durante o gerenciamento do projeto a equipe possa encaixar novos processos e remover outros inicialmente encaixados.

Conexões 

Lego

Nenhuma ligação entre o Scrum e o PMBOK é obrigatória, porém será sugerida tendo o objetivo de de contribuir para uma melhor assimilação de qual momento será realizado as cerimonias do Scrum, os processos do PMBOK e quem será responsável por cada uma das execuções.

As conexões mostrarão os processos e suas descrições e também os papeis envolvidos em sequencia de importância e se o processo esta dentro ou fora do ciclo Scrum. A maior parte dos processos terá mais de um responsável, os papeis de maior importância ou responsabilidade virão primeiro e os de menor responsabilidade virá em sequencia, cabe ao Time do Projeto (GP, Scrum Master, Time e Product Owner) perceber e “abraçar” suas responsabilidades.

Time do projeto

Time

Para essa abordagem com os dois modelos (Scrum e PMBOK) podemos utilizar mais um papel, Time do Projeto.

O Time do Projeto é composto como dito anteriormente pelo Scrum Master, Time (multidisciplinar, um pouco mais sobre isso em um próximo post), Product Owner e pelo Gerente de Projetos (que pode ser uma equipe de gerenciamento de projetos), no meu caso como a equipe é reduzida não há uma Equipe de Gerenciamento de Projetos nem mesmo um Comitê de Controle de Mudanças.

Até a próxima!


Então, o que você acha disso?